Resenha "A Caminho do Verão - Sarah Dessen"

Oie gente!
Quanta demora pra postar de novo, né? Bem, estava planejando alguma coisa legal pra por aqui, mas como estava demorando demais, resolvi fazer uma resenha mesmo.

Título: A Caminho do Verão
Autor: Sarah Dessen
Nº de páginas: 416
Preço: R$39,90
Editora: iD Editora

*Sinopse*
Colby, uma minúscula cidade do litoral. Férias de verão com o pai e a sua nova esposa, e Thisbe, sua nova irmãzinha. Um emprego em uma boutique totalmente demais. Amizades. Conversas. Romances.
E aí surge Eli, solitário e misterioso, e os dois embarcam em uma busca: para Auden, experimentar uma adolescência sem preocupações que lhe foi negada; para Eli, a recuperação de um acontecimento trágico.
Junte dois solitários numa cidadezinha charmosa de praia e um estoque infindável de noites de verão e... Tudo pode acontecer.
(4ª capa)
Andar de bicicleta é uma das muitas coisas que Auden perdeu a oportunidade de fazer. Mesmo antes do divórcio de seus pais, ela já tinha que fazer o papel da pequena adulta totalmente concentrada na vida acadêmica e que nunca criava atritos - tudo para agradar a mãe.
Mas um verão pode mudar tudo.

*Minha opinião*
Auden (nome da garota, que é em homenagem á um poeta - homem - moderno, famoso por suas obras sobre política, natureza e amor não correspondido), é uma garota que sempre teve que se comportar como uma adulta. Ela perdeu tudo que a adolescência ofereceu á ela, e nunca se importou DE VERDADE com isso. Até ir passar o verão com o pai, a nova esposa Heidi, e sua meia irmã Thisbe, e conhecer Eli.

"- Sabe, se você não sabe andar de bicicleta, não precisa ter vergonha - Eli comentou.
- Eu sei andar de bicicleta, só que faz um tempinho que eu não pratico - respondi." pág. 120

E ela não sabe andar de bicicleta. Ela nunca teve uma infância também. Ela nunca brincou, nunca teve amigas, nunca soube como era te rum pai em casa (porque o pai dela é um escritor que se separou da mãe meio cedo), só tinha o irmão dela. E o irmão dele sempre teve várias namoradas, mas nunca uma fixa, que ele gostasse pra passar o resto da vida. Então, Eli começa a ajudá-la a "recuperar" todo esse tempo. Fazendo tudo o que ela perdeu. Literalmente.

"- Ela nunca fez nada - Eli contou, apontando pra mim - Não foi á festas no colegial, não teve formatura, não dormia na casa das amigas. Nenhuma vida social, nunca - O segurança olhou pra mim, e eu tentei parecer adequadamente retardada culturalmente - Então estamos apenas, sabe, tentando recuperar o tempo perdido, fazendo uma cisa de cada vez. Essa está na nossa lista." pág. 226


Ao longo da história, Auden faz amizade com Maggie, que também faz parte da turma de ciclistas de Colby (a cidade), Leah, Esther, Adam e etc. Seu pai é um cara que fica o dia inteiro, vinte horas por dia, dentro do escritório, escrevendo seu novo livro. Heidi é uma coitada. Ela é legalzinha e não sabe como cuidar de uma criança (ou de sua filha, Thisbe, mas Auden a chama de Isby), então, Auden fica a maior parte do tmepo cuidando de Thisbe, que chora demais!!! Ela tem cólicas o tempo todo, e chora por causa disso, e a mãe não sabe o que faz para fazê-la parar, e o pai... A mãe da Auden é chata. E vive jogando as coisas na cara de Auden, porque ela começa a mudar quando vai passar o verão em Colby e seu irmão, Hollis (cujo nome também é em homenagem á alguém famoso), é o único que "se dá bem" com ela.

"Percebi então por que Maggie tinha tanta certeza de que eu estaria saindo daqui com mais que uma bicicleta no fim do verão. Porque era óbvio. Essa diferença agora era muito clara em mim: eu tive essas experiências, essas histórias, mais dessa vida. Então, talvez não fosse um conto de fadas. Mas essas histórias não eram reais, mesmo... As minhas eram." pág. 382

A história em si é boa, e nos mostra um lado dramático da vida de crianças que não tem infância, cujo pais brigam tanto de noite, que elas (Auden), tem que sair de casa pra ficar longe daquela gritaria. Conta como uma garota recuperou o tempo perdido, e achou com quem recuperá-lo. No fim disso tudo, ela também ajuda Eli, que tinha um "trauma" por causa de um acontecimento de anos atrás. Seus dias são para o trabalho que Heidi arrumou para ela em sua própria boutique, e as noites são para o garoto que a levava para a lavanderia para tomar uma xícara de café e um pedaço de torta (aham.).

No fim do livro, a autora fala quais músicas forma de inspiração para ela durante a escrita do livro, e uma pequena "história" sobre como foi o verão que marcou a vida dela. As páginas são amareladas, o livro é grosso (provavelmente o mais grosso que eu tenho aqui), e a capa é bem a ver com o livro, apesar de eu não ter gostado muito (isso porque eu sou apaixonada por quase todas as capas dos livros que eu vejo).
Só não ganhou quatro ou talvez cinco estrelinhas, porque a história não se desenvolveu, só ficou alí, naquela rotina de, bebê chorando, trabalho na Clementine's, aguentar Heidi, e de noite passear. Sabem? Parece que não vai ter um fim feliz, ou pelo menos "legal" para a Auden. Sem falar que eu não gostei muito da protagonista. Sei lá, talvez por ela ser diferente de qualquer outra dos livros que eu já li, ou por ela ser meio impulsiva ás vezes e por ser um pouco irritante. Mas eu gostei do final.

Classificação: 3/5

Pessoal, obrigada pelos comentários de apoio ao novo domínio (blogger) e aos elogios com relação ao layout, a cor... Que bom que vocês gostaram!
E obrigada ás pessoas que estão me seguindo na coluna aqui ao lado >> Estou muito feliz!
Ah, outra coisa: Eu fiz um perfil no Skoob. Acho que todos sabem o que é o Skoob, mas pra quem não sabe, é um site onde você adiciona no seu perfil os livros que você já leu, os livros que via ler, os que abandonou, o que está lendo, relendo e etc. Eu não sei como se mexe muito bem nele ainda, mesmo sendo português (ás vezes pego mais rápido as coisas que são em inglês.... rsrsrs), mas vou entendo aos poucos.

Skoob - Ari

E obrigada também ás pessoas que me aceitaram no Facebook e no Twitter :)
Por hoje é só. Beijos e até o próximo post!

Ariane;)

23 comentários:

  1. Ei Ari!

    Ah, o livro parece ser fofo, eu nunca tinha ouvido falar.
    Realmente deve ser um pouco triste não ter tido infância. A minha graças a Deus foi muito bem aproveitada, rs.
    É uma pena que fique nessa monotonia, senão eu até daria uma chance pro livro...

    Ah, se precisar de algo é só falar sim ;)

    Bjoos'
    Lets

    ResponderExcluir
  2. O livro parece ser bom! A capa pelo menos é linda! Mas, como você disse que não desenvolveu muito a trama, acho que não iria gostar muito o livro...mas,enfim, acho que vale apena ler um dia,ne?
    Beijocas!
    http://palomaviricio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu quero muito ler este livro, por quê depois que li "O Que Aconteceu Com o Adeus?" me interessei pela Sarah Dessen, que tem várias obras super elogiadas. Esse está na lista! =] Adorei a resenha, bjs

    ResponderExcluir
  4. quanto tempo que não ando de bicicleta.. nossa, acho que desde a infância. E lembro que quando menor eu e minhas primas iamos a vários lugares andar.. :)

    ResponderExcluir
  5. Oii Ari , !
    AAAAWN , que saudades das suas resenhas <3
    O livro parece ser ótimo ! E eu julguei pela capa . Agora que li a resenha fiquei mais interessada ainda o.o Adorei também porque ela trabalha em uma Boutique .
    Gostou mesmo do post e do gif ? Brigada flor ^^ !
    A doida da minha mãe tá aqui cantando Zezé di Camargo e Luciano bem alto .
    Vou fazer os selinhos sim , viu Ari ?
    Será um prazer ! :D
    Logo logo eu volto aqui pra passar o endereço dos Selinhos :D
    Fique com Deus , beijinhos ;*

    ResponderExcluir
  6. O meu Skoob ta muito abandonado rsrsrs sério agora que fui lembrar dele! Ah, é que as pessoas ficam querendo trocar livros e sinceramente eu não sou a fim de me desgrudar dos poucos livros bons que tenho (:
    Gostei desse, eu gosto de coisas assim com cidades pequenas e charmosas, acho que eu ia adorar morar num lugar assim, onde vc tem uma praça bonita, vc pode andar de bicicleta, pode sair à noite sem medo de ser assaltada hahahahah parece que lugares assim agora só existem nos livros, então vamos mergulhar neles o/
    Sim, o seu novo blog ficou demais!
    ;***

    ResponderExcluir
  7. Poxa, eu ainda não tive oportunidade de ler nenhum livro da Sarah, o que é bem chato, já que os livros dela parecem ser maravilhosos.
    Ainda não sei por qual começar, mas esse livro deve ser uma boa. :)

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  8. Ah, ouço falarem bem dessa autora, quero ler algum livro dela, me interessei por esse mas não foi muuuuuuito assim. rs

    Te adicionarei lá no Skoob ;}
    Beijos
    Meu outro lado

    ResponderExcluir
  9. Oie Ariane =D

    É a segunda resenha positiva que leio deste livro. Ele parece ter uma história muito bonita e delicada.

    Já adicionei ele na minha lista ;D

    Ótima resenha!

    bjus

    anereis.

    mydearlibrary | bookreviews • music • culture
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  10. Olá querida Ari!

    Estou notando isso já faz um tempinho, rsrs...
    Tadinho da Uol :(
    Acho tão chato um casal ter discussões na frente das crianças.
    Acho que os pais devem ser um espelho para o futuro dos filhos.
    Pelo visto, o livro deve ser bem legal!

    Obrigada pelo carinho e tenha uma ótima semana!
    Beijinhos no coração da sempre amiga... TATIANA BERTOLIN

    http://casinhadasgifs.zip.net

    ResponderExcluir
  11. Oi Ariane!
    Eu li um outro livro da Sarah Dessen que adorei ("O que aconteceu com o adeus") e estava com vontade de ler mais.
    Estou com medo de pegar esse por causa do que você falou, da história não se desenvolver direito.
    Ainda assim, quero ler!

    Amei o layout novo e já estou seguindo o blog *-*

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  12. Oi Ari!

    Não costumo ver muitas resenhas desse livro, mas a estória parece ser bem isso que você falou mesmo... conheço um blogueiro que adora os livros de Sarah Dessen, quero ler um dia para tirar minhas próprias conclusões.

    Adorei a resenha!

    Beijos, Marcelle - http://bestherapy.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Flor, te adicionei no skoob, ok? :D Me aceita lá depois...

    Quanto ao post, confesso que a primeira coisa que me chamou a atenção no livro foi a capa, que é bem linda. Na realidade eu já conhecia o livro, mas nunca tive interesse pela leitura. Mas, olha, minha pouca instância, digamos assim, ainda continua mesma... quem sabe um dia eu não procure lê-lo? Porém, no momento, não é opção de leitura para mim. Contudo, claro, adorei sua resenha e os fragmentos escolhidos... sempre bem, clara e precisa. Parabéns!

    Um abraço!
    http://universoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá !
    Que lindo o blog !
    Que belo o post ^^
    Não me interesso muito por livros , mas eu leio na verdade os livros que tem 3 ou 5 páginas . *-*
    E já alertei a Fernanda para fazer seus selinhos . Eu li os comentários do seu blog , KKK
    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  15. Olá :D
    Oxê, mudou é? UAHSAUHS gostei daqui *-* Eu ainda não li esse livro, mas parece ser legalzinho. Deu três estrelinhas, mas tá bom, ta bom, bom. Adorei a resenha.

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing

    ResponderExcluir
  16. heey primeiro queria dizer que te add no skoob *o* e segundo, esse livro parece ser mto bom, uma historia simples mais encantadora... eu me sinto como ela, também acabei crescendo mto e depois que percebi precisei de ajuda pra voltar pra minha idade, achei mto bom.
    boa semana pra ti amora.
    Beijos :*
    http://pepperlipstick.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Olá Ariane, tudo bem?
    Nossa, a resenha do livro me prendeu. Li ela como se estivesse comendo um hamburger depois de ficar um dia todo sem comer. kkkk
    Ficou muito boa, pena que o livro não "se desenvolveu". Acho mais interessante quando o livro é cheio de altos e baixos, com coisas surpreendentes acontecendo o tempo todo. Ficam mais parecidos com a vida real...
    Beijos, tenha uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  18. Oi (de novo) Ariane.
    Voltei aqui porque fui indicada pra fazer um meme e gostaria que você fizesse também. Sei que tem pessoas que não gostam de memes, então, caso não queira, não precisa fazer.
    Mas, se for fazer, peço que, por favor, me avise. Gostaria muito de ler suas respostas.
    Beijos, tenha uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  19. OLA AMIGA...
    POIS É DEMOROU BASTANTE PRA PASSAR A SEMANA!
    JA AXEI O AWARD E ESTOU LEVANDO COMIGO, VOU COLOCAR E AGRADECER NA PROXIMA POSTAGEM...OBRIGADAUM!!
    BOA SEMANA! BJUS

    ResponderExcluir
  20. Oi flor! Eu de novo! Adorei seu blog por isso resolvi adicionar aos favoritos para visitar sempre. Eu gosto de ler e geralmente tenho dificuldade para saber o que vou ler pois são tantas opções, mas você tem uma maneira divertida de escrever, que me deixa curiosa para ler todos que você posta aqui. Beijos até a próxima

    ResponderExcluir
  21. Hey Ari, gostei da resenha.
    Gosto bastante da capa do livro. Nunca li nada da Sarah e fiquei um pouco chateada com a nota, mas mesmo assim vou dar uma chance para o livro. De certa forma me deixo um tanto curiosa pra saber o que realmente Auden perdeu na infância e o que passou.
    Parabéns pelo blog ^^

    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Esse Livro parece ser muito bom estou com muita vontade de ler, parabéns pela resenha li just listen dessa autora e ameiiiiiiii a Sarah Dessen escreve absurdamente bem.

    www.amostradelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada pelo seu comentário!
Logo estarei respondendo!